Prefeitura de Camapuã

Tel:(67)3286-6001
Rua Bonfim, 441 - Centro
administracao@camapua.ms.gov.br

Coordenadoria da Mulher realiza blitz educativa do Agosto Lilás em Camapuã

Hoje pela manhã a Prefeitura de Camapuã, através Secretaria de Assistência Social, que tem à frente da pasta a primeira dama e secretária Elaine Huber e a Coordenadoria da Mulher em Camapuã, que tem como coordenadora Luciani Pereira Martins de Moraes promoveram juntamente com suas equipes técnicas uma blitz educativa na Avenida Pedro Celestino em frente a Secretaria de Saúde, a blitz faz parte das atividades do agosto Lilás, mês voltado para a conscientização pelo fim da violência doméstica. Foram entregues materiais impressos contendo informações sobre as violências tipificadas na lei Maria da Penha para pedestres e condutores de veículos.
Já na parte da tarde durante a reunião do projeto bolsa família realizada no salão do conviver, aconteceu uma roda de conversa e na ocasião foram abordados assuntos sobre os diversos tipos de violência domésticas.
A Lei Maria da Penha (Lei 11.340), sancionada em 7 de agosto de 2006, completa hoje onze anos de vigência. Ela foi criada para combater a violência doméstica e familiar, garante punição com maior rigor dos agressores e cria mecanismos para prevenir a violência e proteger a mulher agredida.
A lei recebeu o nome em homenagem à farmacêutica Maria da Penha Fernandes. Em 1982, ela sofreu duas tentativas de assassinato por parte do então marido. Na primeira, depois de um tiro nas costas, ficou paralítica, ela enfrentou luta judicial de quase 20 anos para vê-lo punido. Em 1998, em razão da morosidade no julgamento do ex-marido, Maria da Penha denunciou seu caso à Corte Interamericana de Direitos Humanos denunciando a tolerância do Estado brasileiro com a violência doméstica, com fundamento na Convenção Belém do Pará e outros documentos de direitos humanos no sistema de proteção da Organização dos Estados Americanos. Graças à sua iniciativa o Brasil foi condenado pela Corte, que recomendou ao país a criação de lei para prevenir e punir a violência doméstica.                        


Fonte: Assessoria

Imagens Anexadas

Arquivo Anexado

Nenhum arquivo anexado.